Auxílio Emergencial – Governo do Distrito Federal

Com o advento da pandemia do novo coronavírus, o Governo do Distrito Federal liberou para a população brasiliense um Auxílio Emergencial, no valor de R$600. O auxílio inicialmente durará 3 meses. Para receber o Auxílio o cidadão deve preencher uma série de requisitos. Neste artigo explicaremos como você pode se candidatar a receber o Auxílio Emergencial do Governo do Distrito Federal.

Quem pode receber?

De acordo com o site da Caixa Econômica Federal, entre os cidadãos maiores de 18 anos que podem vir a receber a ajuda financeira do Governo, estão: trabalhadores autônomos, informais, MEI (microempreendedor individual), e claro, desempregados. Além disso, a renda mensal familiar não pode ultrapassar meio salário mínimo (em maio/2020 corresponde a R$522,50), ou a renda total deve ser de até três salários mínimos (R$3.135,00).

Quem já está cadastrado no Cadastro Único (CadÚnico) ou recebe o Bolsa Família, deve receber o Auxílio automaticamente, ou seja, não precisa solicitar por site ou aplicativo, já recebe o valor na conta da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil. Outro detalhe: no máximo duas pessoas da mesma família podem receber o Auxílio. Aliás, se a mulher for a única mantenedora da família, o valor mensal será de R$1.200,00.

Como se cadastrar

Se você não está no CadÚnico ou recebendo Bolsa Família, pode solicitar o Auxílio Emergencial via aplicativo ou site. Assim que enviar seus dados, seu cadastro será analisado e o resultado pode ser acompanhado pelas plataformas. Tendo seu cadastro aprovado, você deve receber a quantia na conta da Caixa Econômica ou do Banco do Brasil.

Caso você não possua conta em nenhum desses bancos, será gerado um código que deverá ser utilizado no aplicativo Caixa TEM, para acesso a sua Conta Poupança Social. Por esse aplicativo, você pode fazer pagamentos e transferências eletrônicas, sem necessidade de ir a uma agência bancária.

Pelo site da Caixa

Para fazer sua solicitação pelo site, siga o passo a passo demonstrado abaixo.

Ao abrir o site pela primeira vez nos deparamos com esse aviso, você deve ler com atenção e em seguida clicar em “Entendi” :

aviso Caixa

 

Depois disso, o site lista todos os requisitos necessários para a participação no programa, e ao final da página há duas opções que confirmam que o solicitante leu tudo e entendeu como funciona, e também dá permissão para que a área responsável acesse e valide seus dados pessoais. Você deve marcar as caixas de seleção e clicar em “Atendo às condições, quero continuar”, conforme imagem abaixo:

 

Em seguida, o site nos leva a uma página solicitando os seguintes dados pessoais: nome, CPF, data de nascimento e nome da mãe. Se não houver nome da mãe registrado marque a opção “Mãe desconhecida”. Depois de tudo preenchido clique em “Não sou um robô”, o sistema de segurança do Google. Finalmente, clique em “Continuar”. Observe a imagem abaixo:

 

Depois de terminar o cadastro sua situação será “Em análise”, conforme imagem abaixo:

 

Importante ressaltar que seu cadastro pode demorar alguns dias para ser analisado, devido a alta demanda. Assim que você for aprovado e seus dados confirmados, sua situação será “Aprovado”, conforme imagem abaixo:

 

Pelo aplicativo Auxílio Emergencial Caixa

O cadastro pelo aplicativo é igual ao do site, pede os mesmos dados e possui inclusive a mesma aparência. O aplicativo está disponível para iOS e Android.

 

Ficou com alguma dúvida? Comente!

Add Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.