Diferenças entre TED e DOC


É muito comum as pessoas se encaminharem aos bancos porque necessitam fazer uma transferência de dinheiro de um banco para outro. Dependendo da operação pagam-se diferentes valores. Há dois tipos de transferências para esse caso: TED e DOC. Se você deseja transferir dinheiro para conta de outra pessoa ou para uma sua mesmo, o fato de elas estarem em bancos diferentes aplicam-se as mesmas regras. Os bancos não são obrigados a oferecer esse tipo de serviço.

A diferença entre os dois basicamente é de que o DOC é para transferências de pequeno valor, sendo que o valor máximo que se pode transferir é de R$4.999,00 enquanto que o TED é para transferências de grande valor, sendo que o valor mínimo deve ser de R$750. Valor atualizado em 2015 para R$500.00. O tempo em que o valor vai estar disponível na outra conta varia, além do custo da transferências que variam de banco para banco. Lembre-se: o dinheiro transferido só será liquidado em dias úteis, por isso planeje-se bem.

Neste artigo vamos falar sobre o que é TED e DOC e o que você deve fazer para fazer esse tipo de operação. Veja a seguir.

O que é TED?

TED é uma sigla que significa Transferência Eletrônica Disponível. É o tipo de transferência que é usado quando o valor a ser transferido é alto. O valor mínimo é de R$750. R$500 Devido ao reajuste feito pelo FEBRABAN em 2o15. Geralmente os bancos cobram taxas mais altas encima desse serviço já que o tempo que o dinheiro leva para estar na outra conta é de no máximo 1h30.

O TED é dividido em dois tipos:

  • TED “E”: para transferência entre contas de pessoas diferentes;
  • TED “D”: para transferência entre contas da mesma pessoa.

O que é DOC?

DOC é uma sigla que significa Documento de Ordem de Crédito. É o tipo de transferência que que é usado quando o valor a ser transferido é baixo. O valor máximo é de R$4.999,00. Geralmente nesse tipo de transferência é cobrada uma taxa mais barata, já que o valor só é liquidado no dia útil seguinte à transação.

O DOC também é de dois tipos, seguindo a mesma regra do anterior:

  • DOC “E”: para transferência entre contas de pessoas diferentes;
  • DOC “D”:  para transferência entre contas da mesma pessoa.

Do que preciso para fazer uma DOC ou TED?

Vá até o banco em que o dinheiro a ser transferido está depositado e leve essas informações e documentos com você:

  • CPF (pessoa física) ou CNPJ (pessoa jurídica);
  • Nome do beneficiário – pessoa que vai receber o dinheiro – para simples conferência (não obrigatório);
  • Dados do beneficiário: banco, agência e conta;
  • Saiba se a conta do beneficiário é corrente ou poupança.
  • Tenha em mãos o código do banco em que o dinheiro vai ser depositado. Esse é o código de transferência de fundos, necessário nas operações de transferência entre bancos diferentes. Clique aqui e procure o nome do banco (aperte CTRL + F no seu teclado e digite o nome do banco) e saiba qual o código.

Cada banco possui suas próprias regras com relação à transferências, então é sempre importante manter contato com seu banco, ligando ou indo pessoalmente na sua agência.

DICA: Procure fazer suas transferências online ou por meio dos caixas eletrônicos. Geralmente as taxas sobre essa operação são menores do que se fosse pessoalmente à agência. O valor não passa de R$15,00 mas é sempre bom economizar, além de ser mais prático.

Veja aqui um documento com “Perguntas Frequentes” disponibilizado pelo Banco Central.

Alguma dúvida? Comente e responderemos! 🙂

6 Comentários

  1. oscar silverio 8 de julho de 2015
  2. SPARTN's_003 18 de agosto de 2015
  3. Sara Azevedo 8 de setembro de 2016
    • Danilo 9 de setembro de 2016
  4. Vaninho Paiva 14 de março de 2017
    • Danilo 16 de março de 2017

Adicionar comentário