Como transferir veículo no DF


Normalmente quando temos um carro o único documento em nosso dia a dia é o Certificado de Registro de Veículo  ou CRV, conhecido popularmente como “verdinho“. Mas na hora de transferir o veículo de proprietário precisamos de outro documento, o Documento Único de Transferência – DUT,  e é pensando nisso que vamos ensinar a como transferir um veículo no DF.

Requisitos para transferência de veículo

É importante frisar que para iniciar a transferência de qualquer veiculo é importante verificar se ele cumpre os requisitos mínimos, que são:

  • IPVA em dia
  • Nenhuma multa vencida (notificação de multa não conta)
  • Seguro obrigatório em dia

Com essas verificações OK, já podemos iniciar o processo de transferência.

Documentos necessários para transferência de propriedade do veiculo no DF

Os documentos no geral são simples, você precisa do DUT preenchido corretamente pelo atual proprietário e futuro proprietário com as seguintes informações:

  • Valor da venda do veículo;
  • Nome do comprador;
  • RG do comprador;
  • CPF do comprador;
  • Endereço do comprador;
  • Local e data;
  • Assinatura do vendedor.

Com o DUT preenchido é preciso ir em um cartório autenticar o documento, recomenda-se fazer isso quando todos os outros pontos estiverem certos, uma vez que depois de 30 dias o DETRAN cobrará uma multa, falaremos disso mais adiante.

Como agendar uma vistoria no Detran DF

Essa é a parte mais importante da transferência, é nela em que um agente do Detran vai verificar se seu veiculo está em condições para transferência, mas para chegar nessa parte antes é preciso acessar o site do DETRAN para agendar a vistoria. Clicando nesse link você vai para o site do DETRAN onde deverá preencher as informações, e imprimir a guia para transferência. O valor médio cobrado para tal serviço é R$250,00 (lembrando que dependendo do ano que ler esse artigo o valor pode ter mudado, esse valor é para 2017). Depois de pago você deverá acessar o site do DETRAN novamente, dessa vez marcando o dia para vistoria.No dia da vistoria os seguintes itens serão analisados:

  1. DUT preenchido;
  2. Faróis (todos eles);
  3. Pneus (incluindo o estepe caso tenha);
  4. Limpador de vidro (caso tenha);
  5. Vidros (incluindo a película se tiver);
  6. Numeração dos vidros;
  7. Numeração do chassi.

Entre outras coisas, mas atenção, se seu veículo tiver um item opcional, por exemplo farol de milha, ele deverá estar funcionando.

Multa do DUT

Como citado anteriormente, depois que você preenche o DUT e autentica o mesmo, você terá 30 dias para ir ao DETRAN, se não ir nesse prazo você deverá pagar a multa do DUT, essa multa não impede que você prossiga com a transferência e nem precisa ser paga no ato, o agente do DETRAN informará que a mesma chegará no novo endereço em até 30 dias, como uma multa normal.

Lembrando que essa infração é GRAVE e tem pontuação 5, por isso é sempre importante verificar tudo antes de assinar o DUT.

 

Perguntas Frequentes sobre a transferência do DUT

  • O nome do atual proprietário é de casado, mas ele já está solteiro, o que fazer?

Nesse caso é preciso da certidão de divórcio, e caso seja casado(a) da certidão de casamento, ambos documentos devidamente autenticados em cartório.

 

Ficou com alguma dúvida? Não deixe de comentar! Sua dúvida pode ser de muitos, se gostou compartilhe em suas redes sociais 🙂

One Response

  1. Luca 30 de maio de 2017

Adicionar comentário