Como funciona o FIES


O FIES significa Programa de Financiamento Estudantil. Esse programa do Ministério da Educação visa dar uma ajuda para os estudantes que desejam fazer sua graduação em uma instituição privada, financiando os estudos. Só serve para cursos presenciais em instituições pagas. A porcentagem que vai ser retirada da mensalidade depende da renda familiar do estudante e de seu desempenho nos processos que são conduzidos pelo MEC.

Primeiro de tudo: faça sua matrícula normalmente na instituição de ensino, de modo que pague a primeira mensalidade normalmente, apenas com o desconto da sua nota no vestibular. Só após todo o procedimento de matrícula é que o estudante pode começar o processo de solicitação do FIES. Mais tarde será encaminhada o reembolso de uma porcentagem do dinheiro pago no ato da matrícula.

Quais os limites de financiamento?

No FIES o mínimo que deve ser financiado para o estudante é de 50% (cinquenta por cento). O máximo é de 100%, tudo vai depender do nível de comprometimento da renda familiar, lembrando que a renda considerada é a renda bruta.

Quem não pode solicitar FIES?

Se o estudante estiver em uma dessas situações não poderá solicitar:

  • Se a matrícula acadêmica estiver totalmente trancada no momento da inscrição;
  • Se em algum momento o estudante já foi beneficiado com o FIES;
  • Se estiver inadimplente com o PCE/CREDUC (Programa de Crédito Educativo);
  • Se o comprometimento da renda familiar bruta for abaixo de 20% (vinte por cento);
  • Se a renda familiar bruta for superior a 20 salários mínimos.

O Financiamento Estudantil está disponível para cursos de graduação presenciais que tenham conceito maior ou igual a 3 no SINAES (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior). A taxa efetiva de juros do FIES é de 3,4% ao ano, para todos os cursos.

Como me inscrever?

O SisFIES (Sistema Informatizado do FIES) é o responsável pelas inscrições, e elas podem ser feitas em qualquer época do ano, de janeiro a junho para financiar o 1º semestre e de julho a dezembro para financiar o 2º semestre. Clique aqui e confira nosso artigo que explica como fazer sua inscrição no FIES.

Alguma dúvida? Comente e nós responderemos! 🙂

Adicionar comentário