Como calcular e receber o seguro desemprego 2016


Agendamento Seguro Desemprego – Todo trabalhador brasileiro tem direito de ter algum tipo de seguro trabalhista, isso faz com que os todos os empregados tenham uma segurança por determinado período, o que de certa forma da uma estabilidade financeira ao trabalhador, até que o mesmo consiga outro emprego. Desse modo, o desempregado, que tem sua família para abastecer, tem contas para pagar, entre outros gastos mensais, não deixa de arcar com suas responsabilidades financeiras.

Nos últimos meses os programas sociais que envolvem os trabalhadores brasileiros tiveram algumas mudanças. Para realizar o Agendamento Seguro Desemprego e se beneficiar a partir de 2016 deste benefício os cidadãos habilitados passarão por algumas exigências impostas pelo Governo Federal, entenda mais.

Quem tem direito a Receber Seguro Desemprego

Agendamento do Seguro Desemprego

Todo trabalhador que teve carteira assinada e todos os descontos devidamente pagos ao longo da sua jornada de trabalho e que estão de acordo com os requisitos a seguir tem direito ao seguro desemprego.
Tem direito ao seguro desemprego o trabalhador que :

  • Foi dispensa sem justa causa;
  • Tiver recebido salários consecutivos, no período de 12 meses anteriores à data de demissão;
  • Tiver sido empregado de pessoa jurídica, por pelo menos 6 meses ( a partir da 3ª solicitação) nos últimos 36 meses;
  • Não possuir renda própria para o seu sustento e de sua família (pessoa jurídica);
  • Não estiver recebendo benefício de prestação continuada da Previdência Social, exceto pensão por morte ou auxílio-acidente.

regras

Novas Regras Seguro Desemprego

Assim como alguns outros benefícios, o Seguro Desemprego teve algumas mudanças e a partir de 2016 os trabalhadores deverão seguir todos os requisitos, caso queiram realizar as solicitações do benefício.
O seguro desemprego é dividido em três partes, sendo elas:

  1. Primeira Solicitação
  2. Segunda Solicitação
  3. Terceira Solicitação em diante

Primeira Solicitação Seguro Desemprego

Para fazer o Agendamento Seguro Desemprego e solicitar pela primeira vez, o trabalhador deve comprovar que estava empregado e recebendo salário por pelo menos 12 meses nos últimos 18 meses.

Ou seja, o trabalhador tem 18 meses antes da data de dispensa para poder ter pelo menos 12 salários comprovados em carteira.

Das parcelas:

Para o trabalhador ter direito a 4 parcelas, são necessários no mínimo 12 meses trabalhados e no máximo 23, nos últimos 36 meses, sendo esses consecutivos ou não. Se comprovado 24 meses trabalhados nos últimos 36 meses, o trabalhador terá direito a 5 parcelas do seguro.

Segunda Solicitação Seguro Desemprego

Não muito diferente do primeiro pedido, para receber o segundo são necessários 9 meses trabalhados nos últimos 12 meses, tendo que se manter nos requisitos impostos no primeiro pedido.

Para o recebimento de 3 parcelas, são necessários 9 meses trabalhados e no máximo 11 meses nos últimos 36 meses, sendo consecutivos ou não.

Para ter direito a 5 parcelas basta o trabalhador comprovar ter trabalhador no mínimo 24 meses nos últimos 36 meses passados.

Terceira e demais Solicitações Seguro Desemprego

Para realizar Agendamento Seguro Desemprego e solicitar pela terceira vez, é necessário ter recebido pelo menos 6 meses de salário, antes da data de dispensa.

Para receber 3 parcelas, são necessários ter recebido no mínimo 6 meses de salário e no máximo 11 meses nos últimos 36 meses.

Para 4 parcelas são necessários no mínimo 12 meses de salário e no máximo 23 meses nos últimos 36 meses, consecutivos ou não.

Para 5 parcelas, são necessários 24 de salário, nos últimos 36 meses, consecutivos ou não.

Agendamento Seguro Desemprego

agenda

A partir de março de 2015 o agendamento seguro desemprego só pode ser feito exclusivamente pela internet, veja abaixo como agendar seguro desemprego.

Para fazer o agendamento seguro desemprego acesso a pagina do MTE [Clique Aqui] informe as seguintes dados:

  • Estado
  • Município
  • Unidade de Atendimento
  • Tipo de atendimento

Clique em prosseguir e ai será direcionado a uma tela com as datas disponíveis para o agendamento seguro desemprego, escolha a data e depois vá dar entrada no seguro desemprego.

 

A partir do sétimo dia de demissão, o trabalhador poderá dar entrada no seguro desemprego, lembrando que é necessário antes de tudo formalizar a sua desligação da empresa junto com os setores responsáveis. O cidadão tem o prazo de 120 dias (3 meses) para Receber Seguro Desemprego, passando esse prazo, o sistema da Previdência Social cancelará o benefício automaticamente.

10 Comentários

  1. Diego Serra 25 de fevereiro de 2016
    • Danilo 25 de fevereiro de 2016
      • marcela 2 de maio de 2016
  2. Ivanio 16 de abril de 2016
  3. amaro jose 19 de abril de 2016
  4. marcela 2 de maio de 2016
  5. Bianca Ramos 26 de maio de 2016
  6. Weberson 14 de julho de 2016
  7. Ana carla santos de jesus 22 de novembro de 2016
  8. FLAVIANA LEITE DE FREITAS BAZAN 26 de janeiro de 2017

Adicionar comentário