Bolsa Educação Infantil O que é?


Estatisticamente falando, o Brasil avançou nos últimos anos com relação a educação. No entanto o objetivo não foi alcançado completamente. Ainda existem muitas crianças fora das escolas por muitas vezes não haverem vagas ou por não ter acesso a educação perto de onde moram. Muitas dessas mesmas crianças são repetentes e outras são obrigadas a trabalharem desde muito cedo para ajudar suas famílias com as despesas da casa. Todos esses fatores reunido com a falta de investimento por parte do governo contribuem para que mais e mais crianças na faixa etária de 4 a 8 anos, desistam de frequentar a escola.

Pensando nisso, o governo de Brasília vai oferecer mais de 2,5 mil bolsas de estudo para crianças entre 4 e 5 anos de idade que não conseguiram vagas nas escolas da rede pública. O benefício foi aprovado recentemente, no dia 30 junho e começará a funcionar ainda no segundo semestre desse ano. Ou seja, após o recesso escolar. Porém o programa destina-se apenas aos pais que tentaram fazer a matrícula de seus filhos em Outubro de 2015 pelo telematrícula mas não conseguiram.

 

Educação-Infantil

Escolas inscritas no bolsa educação infantil

De acordo com a Secretaria de Educação, mais de 123 instituições tem interesse em fazer essa parceria. Para que tal parceria seja efetivada, será necessário que elas comprovem que tem disponibilidade de estar oferecendo essas vagas e que tenham também turmas para a educação infantil. O lado positivo para a parceria com essas escolas é que não será necessário que elas formem novas turmas ou tenham despesas construindo salas de aula.  Elas estarão oferecendo apenas as vagas não preenchidas existentes na instituição.

Qualquer instituição de ensino que tenha interesse em estar cadastrando-se para beneficiar essas crianças, poderão estar participando. Lembrando que as instituições de ensino sem fins lucrativos terão prioridade na lista.

Quanto será a Bolsa Educação?

O auxílio do programa está estabelecido para o valor de R$ 456,17, não podendo a instituição cobrar valores a mais aos beneficiados. Esse valor será depositado mensalmente para a instituição até que surja uma vaga para o aluno em uma das escolas públicas.

POR QUE TAL MEDIDA?

Em Brasília, a procura para o ensino infantil entre a faixa etária de 4 a 5 anos era bem menor do que nos dias de hoje. Pensando nisso, esse programa foi a solução encontrada para cobrir a procura pela educação infantil que cresce cada vez mais. O objetivo é construir mais 20 creches públicas dentre as 42 creches existentes em Brasília.

FIQUE DE OLHO

Mesmo sendo um programa temporário, o programa poderá ser cancelado caso o aluno tenha uma frequência mensal inferior a 75%, prestação de informações falsas ou morte por parte do beneficiário. Caso os pais ou responsável pelo aluno já receba algum tipo de ajuda como o auxílio creche ou o auxílio pré-escolar nas empresas em que trabalham, não poderão estar participando do programa.

Tal programa, mesmo sendo realizado apenas em Brasília, ajuda muitas crianças a saírem da desanalfabetização e de poderem estar nas escolas ao invés de irem trabalhar para ajudar as despesas da família. O programa também oferece a oportunidade dos pais dessas crianças irem trabalhar sem se preocupar com quem deixar seus filhos e se eles estarão seguros até retornarem pra casa. Isso garante que os pais vão e voltem com a consciência tranquila com relação a educação e segurança de seus filhos.

Várias dessas escolas ou creches, oferecem a possibilidade das crianças ficaram por um período integral. O que ajuda muito mais as famílias carentes que não tem condições de pagarem uma pessoa para cuidar de seus filhos.

 

Fonte: Agência Brasília

Adicionar comentário